Festivais e feiras

Artistas, bandas, músicos, produtores e público em geral, bom se ligar em boas oportunidades de discussão sobre música, mercado e afins, além de oportunidade para tocar e ver bons nomes da música nacional. A programação para o segundo semestre é extensa, mas já começa em junho, de 16 a 20, com o Porto Musical, que acontece em Recife. O evento é bastante interessante, reunindo representantes de selos, gravadoras, sites, promotores e agentes musicais, festivais e instituições culturais. Este ano a programação traz entre outros nomes Brent Grulke, da South By South West (EUA), Christian Dittmar, Fraunhofer Institute (Alemanha), Bruno Boulay, do Bureaux Francês de Exportação no Brasil, James Quinlan e Gene de Souza, da Rhythmfoundation (EUA), Frédéric Gluzman, da V.O. (França), Jonas Woost, da Last FM (Alemanha), que abordarão temas como “Como criar, sustentar e desenvolver um selo nestes tempos de crise mundial”, “Como entrar no mercado de shows do EUA”, “Turnês de artistas brasileiros na Europa”, “Gravar e produzir músicas no atual mundo digital. Será que isso tem futuro?”, entre outros. Além das conferências, acontecem showcases com artistas brasileiros e internacionais que ainda não tiveram os nomes divulgados.

Em agosto, é a vez da 8ª Feira da Música, que acontece em Fortaleza de 19 a 22 e terá a Tecnologia como tema dessa edição. Durante os quatro dias de evento estrão reunidos grandes marcas de equipamentos, instrumentos, gravadoras, produtoras e editoras de todo o País. Tecnologia será o foco do VIII Encontro Internacional da Música, que integra a programação da Feira, e terá oficinas, painéis, workshops. É uma boa oportunidade também para vender o peixe, seja nas rodadas de negócios ou expondo material nos estandes, além da oportunidade de conhecer muitos artistas de várias partes do país. Esse ano a feira teve o recorde de inscrições. Confira aqui a lista dos 150 pré-selecionados, que inclui quatro baianos (Dis em Um, Cássio NObre, Opanijé e Neto Lobo e a Cacimba).

Em setembro é a vez da Feira Música Brasil, que aconteceu em suas edições anteriores junto com o Porto Musical. Este ano, de 3 a 7 de setembro, a feira deve ter sua última edição em Recife, devendo passar a circular a partir do ano que vem. O evento continua com seu foco no mercado, reunindo as principais entidades da cadeia produtiva do setor e do governo federal. A programação inclui rodadas de negócio, focadas em licenciamentos e venda de shows e concertos; venture forum; feira de produtos; debates e oficinas com temas como “Mídias móveis, internet, novos formatos”, “Circulação de espetáculos”, “Gestão coeltiva de direitos”, “Programação de rádio” entre outros; além de shows e mostar de vídeo-clipes.

A Bahia ainda não tem eventos de porte tão grande, mas há dois anos vem sendo gerado um bem interessante, o Fórum de Musica, Mercado e Tecnologia, que este ano está agendado para novembro. Mais informações em breve.

FESTIVAIS

O ano ainda tem pela frente alguns festivais, bons festivais. Bandas interessadas em participar anotem ai:

Festival Demo Sul 2009. Acontece nos dias 7, 13, 20 e 21 de novembro em Londrina, no Paraná. Artistas e bandas independentes de todo país e da América Latina podem enviar material (CD com músicas em qualquer formato e texto de apresentação da banda)até o dia 30 de julho para a Braço Direito Produções, produtora responsável pelo festival.
O endereço é o:

Braço Direito Produções
Rua Xingu, 136, Vila Nova
CEP: 86025-390 – Londrina, Paraná.
http://www.bracodireito.com.br/

Festival Mada 2009 A próxima edição do festival, que acontece em Natal (RN), será em outubro. O prazo para os interessados acaba em julho.
O endereço para envio de material é:

Av. Deodoro da Fonseca , 402 / 1002 – Petrópolis
CEP 59020-600 – Natal/RN

Para quem gosta de música sem preconceitos.

O el Cabong tem foco na produção musical da Bahia e do Brasil e um olhar para o mundo, com matérias, entrevistas, notícias, videoclipes, cobertura de shows e festivais.

Veja as festas, shows, festivais e eventos de música que acontecem em Salvador, com artistas locais e de fora dos estilos mais diversos.

Leia Mais
Cena Independente #20
Cena Independente #20 destaca Young Lights, Ventre e Falsos Modernos