Artistas baianos pelo Brasil e exterior

A cena musical baiana cada vez mais tem aproveitado as oportunidades para se apresentar fora do estado e mostrar seu trabalho para um público além dos amigos e fãs locais. Através de turnês, festivais e shows especiais, tem se tornado comum ver cantores e bandas baianos se apresentando em outros estados e, por que não, em outros países. A presença no exterior ainda é tímida, mas vem crescendo. Ainda longe do que, por exemplo, artistas de Pernambuco e São Paulo têm conseguido, mas um início promissor.

Depois de uma viagem para Portugal, no ano passado, a banda Sertanília foi agora em maio para a Espanha mostrar sua música calcada em ritmos nordestinos tradicionais, tanto eruditos quanto populares. O convite partiu do Festival TenSamba, um festival focado na música brasileira, que já levou nomes como Gal Costa, Maria Rita, João Donato, Adriana Calcanhotto, mas que também abre espaço para novos nomes. Este ano, em sua oitava edição, além do grupo baiano passaram pelo festival Patricia Polayne (SE), Renegado (MG), entre outros.

Quem está com viagem marcada para a Europa é a Vivendo do Ócio. Atualmente morando em São Paulo, a banda já foi tocar na Inglaterra e agora vai apresentar seu rock na Itália. A VDO foi convidada para o Italia Wave Love Festival, onde se apresenta no dia 16 de julho, dividindo palco com Lou Reed. Tido como um dos mais populares festivais europeus, com tradição desde 1987, o Italia Wave esse ano acontece entre os dias 14 e 17 de julho, em Lecce, e contará com atrações como Jimmy Cliff, Kaiser Chiefs, Verdena, Paolo Nutini, Serge Gainsburg Experience, entre outros. A VDO está tentando aproveitar a ida à Europa par agendar outros shows.

Outro que está voltando para o exterior e vai de novo pra bem longe é o Baiana System. O grupo é um dos convidados do World Music Shanghai, na China, onde se apresenta no dia 21 de maio. Aproveitando a viagem fazem ainda outros dois shows em Shangai. Além dos baianos, fazem parte da programação nomes como Gotan Project e Amadou & Mariam.

Pelo Brasil – Há também aqueles que estejam apostando na circulação pelo Brasil. A banda Vendo 147 está na iminência de soltar seu primeiro disco, “Godofredo”, e para lança-lo vai fazer uma grande turnê em julho pelo país, passando por mais de 20 cidades do Sul e Sudeste do país. Dentro dessa turnê, um dos shows será a Noite Baiana no Studio SP, no dia 12 de julho, com a banda recebendo Joe e a Gerência. Tem mais, antes de todas essas apresentações a Vendo 147 vai para o interior nordestino, se apresentando nos dias 26 e 27 de maio em Juazeiro do Norte-CE e Sousa-PB dentro do VI Festival BNB da Música Instrumental. O evento, que acontece entre os dias 17 e 28 de maio, em três CCBNBs (Fortaleza e Cariri, no Ceará; e Sousa, na Paraíba) receberá 21 grupos instrumentais de onze estados (Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Maranhão, Sergipe, Bahia e Piauí, da região Nordeste; Distrito Federal, Centro-Oeste; e São Paulo, do Sudeste). A Vendo 147 aproveita a viagem para tocar no dia 28 em Campina Grande ao lado da banda Sex on the Beach.

Outra banda que anda circulando bastante é a Maglore. O grupo volta ao Sudeste onde apresenta seu pop rock no Circo Voador no dia 19 de maio no MB ao Vivo, evento do site Melody Box que escolheu cinco bandas independentes por votação popular e curadoria do site. Uma delas foi a Maglore, que vai se apresentar ao lado Cinco Nós (ES), O Quarto Azul (RJ), Damm (RJ) – ex-Formidável Família Musical – e Drops69 (RJ), além de Brasov e João Brasil como convidados. Ah! Por falar em Damm, finalmente será lançado seu CD. O lançamento está programado para junho. A Maglore, por sinal, também integra a coletânea “Fora da Caixa vol. 01” da Melody Box, ao lado de outras dez bandas. Já no dia 28, a Maglore vai se apresentar em Belo Horizonte.

A Orkestra Rumpilezz é outra que tornou comum as apresentações em outros estados. No dia 09 de junho, a Orkestra inicia em Curitiba, no Teatro HSBC, a turnê Natura Musical, fruto de um edital que vai levar ainda para Manaus, Recife e Belo Horizonte. Depois da apresentação no Paraná, o grupo segue para São Paulo, onde se apresenta no dia 11 de Junho no BMW Jazz Festival, ao lado de Sharon Jones & The Dap-Kings, Wayne Shorter, entre outros. No dia seguinte, quem recebe os baianos é Belo Horizonte.

Para quem gosta de música sem preconceitos.

O el Cabong tem foco na produção musical da Bahia e do Brasil e um olhar para o mundo, com matérias, entrevistas, notícias, videoclipes, cobertura de shows e festivais.

Veja as festas, shows, festivais e eventos de música que acontecem em Salvador, com artistas locais e de fora dos estilos mais diversos.

Leia Mais
Instituto Sabotage
Instituto lança disco com homenagem a Chico Science na voz de Sabotage