Zona Mundi volta com Bala Desejo e diversidade da música baiana atual

A temporada de festivais de música na Bahia vai, finalmente, começar. Nessa retomada, o primeiro a acontecer é o Zona Mundi, que realiza sua 8ª edição de forma presencial entre os dias 24 a 27 de março, no Teatro Vila Velha, em Salvador. O festival neste ano terá um foco em artistas baianos, recebendo shows de Ronei Jorge, Livia Nery, Hiran, Cronista do Morro, Ziminino, Jotaerre e Bagum, além dos cariocas da banda Bala Desejo, como convidado especial.

Segundo o idealizador e diretor do Zona Mundi, Vince Athayde, o festival tem outras cracterísticas em 2022. “O que marca essa edição é a volta dos shows com a presença de público e também que, pela primeira vez, será realizado no teatro”. Ele lembra, que o festival já aconteceu em outro ano no Solar Boa Vista, mas dessa vez será num modelo com o público assistindo o show sentado. “Essa edição tem como marca também uma intervenção para tentar jogar luz e dinamizar uma área pública, o Passeio Público, que vai receber uma intervenção totalmente aberta para a população”, lembra. A iniciativa tem parceria com o Teatro Vila Velha e deve se estender para outras ações além da mostra do Zona Mundi.

A última edição do Zona Mundi havia sido realizado em outubro de 2020 em formato totalmente online por conta da pandemia do Covid-19. Nesta edição de 2022, o festival retoma os shows presenciais, mas ainda em um formato reduzido. Será uma oportunidade de assistir ao show de uma das revelações dos últimos meses, os cariocas Bala Desejo. Formado por Zé Ibarra e Lucas Nunes, integrantes da banda Dônica, mais Dora Morelenbaum e Julia Mestre, duas cantoras revelação da cena do Rio de Janeiro, o grupo acaba de lançar a segunda parte de seu álbum SIM SIM SIM. A sonoridade remete a MPB setentista, com um tempero contemporâneo.

Se a banda visitante merece destaque pela novidade e ineditismo, já que é o primeiro show em Salvador, a cena baiana é quem domina o festival, mostrando uma sintonia com a fértil produção do estado. A mistura de nomes veteranos com mais novos e estilos diversos acabam dando o tom e fazendo um bom apanhado dessa Bahia contemporânea. 

Entre os nomes mais conhecidos estão Ronei Jorge, figura importante do rock e pop soteropolitano desde os anos 1990 e que segue com uma profígua carreira solo. Ele apresenta um show baseado em seu álbum mais recente, Irmã, mesclado com o trabalho solo anterior, Entrevista, e com músicas da fase ao lado da banda Ladrões de Bicicleta.

O outro nome mais conhecido é o de Livia Nery. Ela apresenta sua música atual e cheia de personalidade, mesclando eletrônica, com brasilidades e jazz. A cantora e compositora será acompanhada da banda Bagum, que também apresenta seu show próprio no festival, unindo jazz e rock intrumental.

O Zona Mundi terá presença também de outras novidades. O cantor, compositor e rapper Hiran, que mescla pop, rap e outras sonoridades. A rapper Cronista do Morro, que tem a performance e rimas fortes como marca. O guitarrista Jotaerre, que parte de seu instrumento para dialogar por uma diversidade de estilos e ritmos. Além de Ziminino, banda formada por Ricô Santana (OQuadro) e Rafa Dias (ÀTTOXXÁ), que promove um misto de música negra, em especial africanos e baianos. Veja abaixo a programação completa por dia.

Mostra contínua

Com o subtítulo fluxo contínuo, o  Zona Mundi prossegue depois dos 4 dias de shows com uma programação digital. As atividades online acontecem no Zona de Comunidades, rede social específica do festival, onde a comunidade artística se encontra e forma grupos para desenvolver novos projetos, no formato de Hack criativo. Quatro dos projetos realizados na comunidade criativa serão selecionados pela curadoria do festival para integrar o casting do Zona Inte_Fluxos, galeria virtual que já está aberta à visitação e que conta com 16 obras dos seguimentos da vídeo-arte, poesia visual e games. Serão, ao todo, três ciclos de atividades, que acontecem no período de dois meses. Os conteúdos podem ser acessados pelo site www.zonamundi.com.br em plataforma criada especialmente para o evento.

“Enquanto no formato físico nós criamos uma experiência e construímos uma memória no blico que está ali, no formato virtual nós precisamos investir num software e infra na web que nos permita haver fluxo e trocas constantes. Então, através da Zona de Comunidades, criamos redes sociais para grupos de criação, destacando as suas complementariedades para construir projetos interessantes, no Zona Inter_fluxos criamos uma galeria permanente, e o Zona Expandida que são os shows presenciais e intervenções, em espaços, criamos as memórias afetivas juntamente com o público”, comenta Vince Athayde.

8º Festival Zona Mundi tem patrocínio da Oi, com com apoio da Oi Futuro através da Lei de Incentivo FazCultura do Governo do Estado da Bahia. A primeira atividade do projeto ganhou o nome de Zona Inter – fluxos e consiste numa mostra que reúne nomes de peso, da Bahia e de outros estados, quando o assunto são narrativas artísticas audiovisuais. 

SERVIÇO:

8º FESTIVAL ZONA MUNDI – fluxo contínuo

 *Zona Inter – fluxos – Galeria virtual

 Período: permanente

 Onde: www.zonamundi.com.br

 *Zona Expandida – Shows e intervenções

Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia) 

Passaporte 4 dias: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia) 

PROGRAMAÇÃO

 24/03 (quinta)

17:00 – Café do Mirante

18:30 – Vídeo mapping Vj Gabirú

20:00 às 21:00 – Show Jotaerre

 21:20 às 22:20 – show Cronista do Morro

 22:20 à 23:30 – Café do Mirante e Vídeo mapping Vj Gabirú

 Local: Teatro Vila Velha (Passeio Público/ Campo Grande)

 25/03 (sexta)

17:00 – Café do Mirante

18:30 – Vídeo mapping Vj Gabirú

20:00 às 20:50 – Show Bagum

 21:100 às 22:10 – Show Livia Nery

 22:10 à 23:30 – Café do Mirante e Vídeo mapping Vj Gabirú

 Local: Teatro Vila Velha (Passeio Público/ Campo Grande)

 26/03 (sábado)

17:00 – Café do Mirante

18:30 – Vídeo mapping Vj Gabirú

20:00 às 21:00 – Show Ronei Jorge

 21:20 às 22:20 – Show Bala Desejo

 22:20 à 23:30 – Café do Mirante e Vídeo mapping Vj Gabirú

 Local: Teatro Vila Velha ( Passeio Público/ Campo Grande)

27/03 (domingo)

17:00 – Café do Mirante

18:30 – Vídeo mapping Vj Gabirú

20:00 às 21:00 – Show Ziminin0

 21:20 às 22:20 – Show Hiran

 22:20 à 23:00 – Café do Mirante e Vídeo mapping Vj Gabirú

 Local: Teatro Vila Velha ( Passeio Público/ Campo Grande)

 

 *Hack Criativo – Zona de Comunidades

 Período: 30 de março até 30 de abril

 Local: www.zonamundi.com.br

Para quem gosta de música sem preconceitos.

O el Cabong tem foco na produção musical da Bahia e do Brasil e um olhar para o mundo, com matérias, entrevistas, notícias, videoclipes, cobertura de shows e festivais.

Veja as festas, shows, festivais e eventos de música que acontecem em Salvador, com artistas locais e de fora dos estilos mais diversos.

Leia Mais
Festival reúne diversidade da cena de Salvador; programação inclui Baco, Rumpilezz, Melly e Edson Gomes