festival 2016

Qual o melhor festival do mundo em 2016?

Chegamos no período de ver a programação daquele festival preferido em 2016. São vários imperdíveis, mas qual o preferido desse ano?

Está começando este mês o período dos principais festivais na Europa e Estados Unidos. São cinco meses, de junho até outubro, com os melhores shows e artistas do planeta desfilando pelos palcos mais disputados. 2016 já vem se revelando como um dos anos com as melhores escalações de festivais dos últimos tempos, com vários deles com aquele sabor de imperdível. Mesmo já tendo acontecido alguns dos melhores festivais no ano, como o Coachella e o de New Orleans, destacamos outros dez que disputam como melhor do ano. De festivais tradicionais como Glastonbuty e Lollapalooza, outros que vem crescendo como Primavera Sound e Roskilde, até outros mais novos e menos conhecidos, como o Open’er, na Polônia, e o Desert Trip, reunindo medalhões nos Estados Unidos. Confira o que cada um dos festivais reservou na edição deste ano e se der se programe:

primavera sound festival 2016

– PRIMAVERA SOUND
Barcelona, Espanha – 2 a 4 de junho

Talvez seja atualmente o melhor festival do mundo. A programação deste ano não deixa mentir. Serão mais de 200 atrações passando pelos cerca de dez palcos do evento reunindo alguns dos nomes mais relevantes da música atual. De veteranos, como PJ Harvey (com disco saindo do forno) e Brian Wilson, num daqueles shows imperdíveis tocando o lendário “Pet Sounds”, a nomes que ganharam maior destaque com trabalhos recentes, como Kamasi Washington, Mbongwana Star e Vince Staples. O grande nome, no entanto, é o Radiohead, que fez com que os ingressos do dia 3 (sexta) se esgotassem rapidamente. Tem mais. Entre os aguardados retornos, já uma marca do festival, estão os shows do LCD Soundsystem, do The Last Shadow Puppets e dos australianos do The Avalanches. Entre os grandes nomes desta edição estão também Air, Sigur Rós, Animal Collective, Beach House, Tame Impala, Beirut e Suede, tratado. Uma festa indie de altíssimo nível. Como se trata de um festival voltado mais para o público adulto do que para jovens, as apostas são menos para as modas do momento e muito mais para importantes nomes que fizeram parte da formação de quem hoje tem mais de 30. Logo, a década de 90 tem sempre muito espaço e não poderia ser diferente este ano, com nomes como o Suede, os barulhentos Dinosaur Jr. e Mudhoney, o post-rock de Tortoise, o noise metal do Unsane, o hardcore do Drive Like Jehu, a psicodelia do Bardo Pond, os pioneiros do out rock Loop e o industrial do Cabaret Voltaire (que voltou à ativa em 2014). Destaque também para Thee Oh Sees, Savages, Titus Andronicus,Freddie Gibbs, Parquet Courts, Battles, Black Lips e o inusitado show de John Carpenter, o cineasta, que vai levar as trilhas de seus filmes de terror para uma apresentação ao vivo.

festival 2016 glan

– GLASTONBURY
Pilton, Inglaterra – 
22 a 26 de junho

Um dos maiores festivais do planeta, ocupando uma enorme área no vale de Avalon, o Glastobury vai reunir uma turma de primeira linha do pop mundial em sua edição 2016. Adele, Coldplay e Muse são os nomes de apelo mais popular. New Order, Earth Wind & Fire, ZZ Top, Art Garfunkel, Eletric Light Orchestra, Ronnie Spector, Madness e Cindy Lauper preenchem o espaço de veteranos sem novidades, mas de importância histórica. Menos conhecidos e com trajetória mais recente, merecem destaque nomes como Beck, PJ Harvey, Mercury Rev e Sigur Rós. Assim como uma seleção mais ligada a música eletrônica, também indo de nomes mais consagrados, como Underworld, Carl Cox, Fatboy Slim e Saint Etienne, e outros mais emergentes, como M83, Disclosure e Grimes. Outro nome de peso nesse ambiente é o LCD Soundsystem, em mais um dos shows da série que a banda fará em festivais marcando seu retorno à ativa. O The Last Shadow Puppets pe outro que também marca preesnça retornando aos palcos. O festival apresenta ainda várois outros nomes mais novos que vem se destacando nos últimos anos, como Ellie Goulding, Unknown Mortal Orchestra, Mac DeMarco, Savages, Floating Points,  Chvrches, The 1975, Band of Horses, Foals, Santigold, Kamasi Washington, James Blake, John Grant e Kurt Vile.

festival-Roskilde festival 2016

ROSKILDE FESTIVAL
Dinamarca – 29 de junho a 02 de julho

Um festival que reúne PJ Harvey, Tame Impala, LCD Soundsystem e Red Hot Chili Peppers não pode ser considerado menos do que imperdível. Já são suficientes para tornar o festival um dos melhores do ano, mas são nomes que até vão estar em outras programações e não deixa o Roskilde  tão diferente. Talvez o que pese a favor dele é receber o grande Neil Young mais uma vez em seus palcos (será a quinta participação do canadense), e fazer um apanhado de artistas interessantes de vários cantos do mundo e que pouco serão vistos em outros festivais. Desde os sensacionais e bombados colombianos do Bomba Estéreo, passando pelos brasileiros do Graveola, por artistas latinos, como Calypso Rose, de Trinidad e Tobago, e Los Pirañas, também da Colômbia, por sons da África, como Baba Commandant & The Mandingo Band, de Burkina Fasso, Balani Show Businesse de Bamako, do Mali e o reggae de Tiken Jah Fakoly, da Costa do Marfim, e até a Orchestra of Syrian Musicians, com particpação de Damon Albarn e outros convidados. O festival também reservou um espaço especial para o rap, com destaque para o hit-maker Wiz Khalifa, Vince Staples, a lenda House of Pain, o rapper Future, o jovem Anderson .Paak, que mescla soul rap e sons afins, e a premiada dupla Macklemore & Ryan Lewis, que faz pop e rap com bastante sucesso. Não é só isso, tem ainda vários nomes da música pop, indie, eletrônica, novos e veteranos, como MØ, New Order, M83, At the Drive-In, James Blake, The Last Shadow Puppets, Peaches, Foals, CHVRCHES, Grimes, Santigold, Mac DeMarco, At the Drive-In, Courtney Barnett, Savages, Ghost e até o trash-metal veterano do Slayer. Além do Tenacious D, com a dupla Jack Black e Kyle Gass direto de uma série de TV para os palcos.

festival-Opener festival 2016

– OPEN’ER FESTIVAL
Gdynia, Polônia – 29 de junho a 2 de julho

Realizado num aeroporto militar no norte do país, o Open’er coloca a Polônia no mapa de grandes festivais com um evento que vem ganhando corpo a cada ano. Na edição 2016, o festival reúne uma série de nomes de peso de apelos diversos, entre novidades, nomes estabelecidos, veteranos. Entre os destaques estão PJ Harvey, Pharrell Willliams, Red Hot Chili Peppers, Florence and the Machine, LCD Soundsystem, Wiz Khalifa, Sigur Rós, Tame Impala, The Last Shadow Puppets, Mac DeMarco, Savages, Foals, M83, Beirut, Bastille, The 1975, Chvrches, At the Drive-In, Caribou, Grimes, Vince Staples, Kurt Vile & The Violators e muitos outros. Nada mal, hein?

festival-TITP lineup festival 2016

– T IN THE PARK
Perthshire, Escócia – 07 a 10 de julho

Depois de uma parada de 15 anos, os britânicos do The Stone Roses voltaram em 2012 para alguns shows e pararam de novo. Em 2016, eles anunciaram uma nova volta ao palco para mais apresentações. Por enquanto estão agendados apenas poucos shows na Inglaterra e a participação em um único festival, o escocês T in the Park. A banda é o principal destaque da edição deste ano do evento, que terá ainda nomes de peso que tornam o festival bastante interessante. Red Hot Chili Peppers e LCD Soundsystem dão um ar grandioso, mas tem ainda outras bandas veteranos e outras voltando à ativa no line up que valorizam o festival, como The Last Shadow Puppets, a veterana banda punk Stiff Little Fingers, a mistura de estilos com rap do Fun Lovin’ Criminals e um time de nomes que se destacaram no início do século, como Travis, Kaiser Chiefs e Maximo Park. Menção também para uma seleção de nomes de peso ligados à música eletrônica novos e veteranos (Calvin Harris, Diplo, Jeff Mills, Major Lazer, Jamie xx e Disclosure) , além de nomes do mundo indie pop cult (Jake Bugg, The 1975, Bastille e John Grant).
festivaçbonaroo

– BONNAROO
Manchester, EUA – 9 a 12 de julho

No aniversário de 15 anos, o Bonnaroo talvez tenha como principal diferencial o Dead & Company, um encontro com alguns dos membros ainda vivos do importantíssimo Grateful Dead, Bob Weir, Mickey Hart e Bill Kreutzmann. Tem também o Pearl Jam, não tão fácil de se ver em festivais, e mais um show do retorno aos palcos do LCD Soundsystem, além do cantor e guitarrista John Mayer. Tem ainda nomes de peso do rap (J. Cole, Tyler the Creator, Macklemore, Vince Staples e Outkast’s Big Boi), do country (Chris Stapleton, Jason Isbell, Sam Hunt), alguns veteranos do rock (Ween, Death Cab for Cutie, Third Eye Blind), apostas para pop stars (Ellie Goulding, Halsey) e, evidente, várias bandas e artistas do mundo cool-indie (Tame Impala, Haim, Miguel, Chvrches e Father John Misty).

festivallolapalooza
– LOLLAPALOOZA
Chicago, EUA – 28 a 31 de julho

Talvez uma das marcas mais consolidadas de festival do mundo, com edições em cinco países. O Lollapalooza completa 25 anos com uma programação arrasadora. Em destaque três dos nomes mais disputados da temporada: Radiohead, LCD Soundsystem e Red Hot Chili Peppers. Junto a eles, o festival mescla nomes da música pop, rap, eletrônica, e indie, com muitos artistas que estão despontando. A programação aposta menos em veteranos do que outros festivais, dando sempre uma cara de novidade e atraindo um público mais jovem. Além dos headliners, o destaque da edição desse ano vai para Lana Del Rey, J. Cole, Future, Major Lazer, Disclosure, Haim, M83, Flume, Grimes, the Last Shadow Puppets, Leon Bridges, Kurt Vile & the Violators, Vince Staples, Wavves, Danny Brown, Foals, Ellie Goulding, e Bloc Party, além do grupo de Perry Farrell, criador do evento, o Jane’s Addiction. Bom lembrar que a edição em Chicago costuma ser uma prévia da versão brasileira do festival, com alguns nomes que se apresentam por lá vindo para o Brasil no ano seguinte, portanto…

festival-bestival-2016-phae-1-lineup festival 2016

– BESTIVAL
Ilha de Wight, Inglatera – 8 a 11 de setembro

Não é o maior, nem o mais antigo, nem os que tem nomes mais bombados, mas tem uma programação caprichada e diversa que merece menção. Veteranos que não tocam em outras grandes festivais esse ano, como The Cure, Ride e Human League, se juntam a interessantes nomes da eletrônica (Hot Chip, Diplo, Carl Cox House Classics, Fatboy Slim, Major Lazer, Odesza) e da atualidade, como Bastille, Animal Collective, Jagwar Ma e Wolf Alice.

festival-austin

– AUSTIN CITY LIMITS
Austin, EUA – 30 de setembro a 02 de outubro e 7 a 9 de outubro

Na comemoração de seus 15 anos, o Austin Cuty Limits volta ao Zilker Park para uma programação caprichada com muitos nomes de peso em dois fins de semana. As maiores atrações passam por Kendrick Lamar, Radiohead, LCD Soundsystem e Mumford & Sons. Há também nomes que estão em poucos outros festivais ou mesmo nenhum outro, como Willie Nelson, LL Cool J, Band of Horses, Young the Giant, Andrew Bird, Cold War Kids, Bomba Estéreo, Cage the Elephant, Corrine Bailey Rae, além de outros nomes interessantes como Anderson .Paak, M83, Haim, Foals, Flume e Flying Lotus.

festivaldesert festival 2016

– DESERT TRIP
Indio, EUA – 7 a 9 de outubro

Apesar de tantos festivais conhecidos, grandiosos e cheio de novidades, nenhum deles deve ser tão falado e disputado como o Desert Trip. O nome é desconhecido e está será sua na primeira edição, mas o motivo é que ele vai simplesmente reunir alguns dos nomes mais importantes da história da música pop que ainda estão na ativa no mundo. Em um único evento se apresentarão Rolling Stones, Paul McCartney, Bob Dylan, The Who, Roger Waters e Neil Young. Apenas isso. Vão ser três dias de evento, com duas atrações por noite, configurado assim: na primeira noite (dia 7), The Rolling Stones e Bob Dylan; na segunda (dia 8),  Paul McCartney e Neil Young, e fechando, na terceira (dia 9), The Who e Roger Waters (Pink Floyd). Mas se você pensou em ir, desista. A procura foi enorme assim que as vendas dos ingressos começaram e se esgotaram em quatro horas (o passaporte para as três datas custavam até cerca de R$ 6 mil). Os produtores então abriram outras datas no fim de semana seguinte, de 14 a 16, com os mesmos shows, mas os ingressos também se esgotaram.

Para quem gosta de música sem preconceitos.

O el Cabong tem foco na produção musical da Bahia e do Brasil e um olhar para o mundo, com matérias, entrevistas, notícias, videoclipes, cobertura de shows e festivais.

Veja as festas, shows, festivais e eventos de música que acontecem em Salvador, com artistas locais e de fora dos estilos mais diversos.

Leia Mais
festivais pela Bahia
Segundo semestre movimentado com série de festivais pela Bahia