O que vem por aí na música em 2011 – Discos Internacionais

Um apanhado dos discos internacionais previstos para 2011, incluindo o novo do Foo Fighters, Cake, U2 e muitos outros.

Depois do balanço do que aconteceu em 2010 e das listas de melhores do ano, é a vez de se antecipar para o que vai acontecer no ano que começa agora. O primeiro da nova década promete importantes lançamentos de discos de grandes nomes da música internacional, brasileira e baiana, além de uma temporada ainda mais apetitosa de festivais por todo país.

Veja mais notícias do mundo da música

Entre os lançamentos internacionais mais esperados está o novo disco do Foo Fighters, que resgata quase todo mundo envolvido no clássico álbum Nevermind, do Nirvana. Estão lá os dois membros vivos da banda do finado Kurt Cobain, o ex-baterista e agora líder do Foo Fighters, Dave Grohl, e o ex-baixista Krist Novoselic, além do produtor do mítico disco, o aclamado Butch Vig. Também participa do disco o ex-líder do seminal Hüsker Du, Bob Mould.

Antes da turnê pela América do Sul, em abril, o U2 deve soltar Songs of Ascent, o novo trabalho que traz Danger Mouse (Gnarls Barkley) na produção. Os fãs da banda já puderam conferir algumas das novas músicas em shows recentes. O Coldplay também deve soltar álbum novo. O quinto trabalho do grupo, que terá a produção de Brian Eno, deveria ter saído em 2010, mas com problemas internos, o lançamento foi adiado para 2011.

2011 Discos Internacionais
O novo álbum do Cake já vazou na internet

O ano, no entanto, já começou com a volta da banda Cake que lança no dia 11 de janeiro o disco Showroom Of Compassion, o primeiro desde Pressure Chief, de 2004. O disco já vazou na internet. Ainda no primeiro mês do ano sai o novo da mítica banda Gang of Four, 15 anos após Shrinkwrapped, de 1995. Batizado como Content, o trabalho será lançado em CD e vinil. Janeiro ainda tem discos novos do Cold War Kids, The Decemberists (já vazou), White Lies, Iron & Wine, British Sea Power (Valhalla Dancehall), Fujiya & Miyagi (Ventriloquizzing), o cineasta David Lynch (Good Today Today + I Know Remixes), Wire (Red Barked Tree), entre outros. O ano terá ainda lançamentos do Portishead e do Aphex Twin.

Quem também volta com disco em janeiro é a banda de punk e hardcore Social Distortion, que lança o primeiro CD de inéditas em sete anos. Hard Times and Nursery Rhymes já virou uma novela. Começou a ser feito em 2006, com previsão de lançamento para 2007. A banda, entretanto, entrou em longas turnês, houve uma sequência de mudanças no baterista e o disco acabou ficando para 2011. O disco é a estreia do baixista Brent Harding em estúdio e é o primeiro da banda pela emblemática Epitaph Records, gravadora fundamental da cena punk californiana.

Outro álbum bastante aguardado é o novo da banda Strokes. Depois de um período de pausa, o grupo voltou no início de 2010 para alguns shows e para gravação do trabalho. Em novembro, o vocalista da banda, Julian Casablancas, anunciou o término das gravações e que o disco deve sair em março de 2011. O Little Joy, projeto do baterista do Strokes, o brasileiro Fabrizio Moretti, com Rodrigo Amarante do Los Hermanos e Binki Shapiro, também deve lançar disco novo em 2011.

No mesmo mês deve sair os novos álbuns do Red Hot Chilli Peppers e do R.E.M.. A banda de Michael Stipe já soltou uma faixa nova, “Discoverer”, enquanto o 15º disco é aguardado. O trabalho, batizado de Collapse Into Now, traz participações de Patti Smith, Eddie Vedder – vocalista do Pearl Jam -, e Peaches. Com produção de Rick Rubin, o novo disco do Red Hot será o décimo da banda e o primeiro com o novo guitarrista, Josh Klinghoffer, que substituiu John Frusciante.

Também estão previstos para março os novos discos dos grupos Panic! At The Disco (Vices & Virtues), Peter Bjorn and John (Gimme Some), The Pains of Being Pure at Heart (Belong), Mountain Goats (All Eternals Deck), Dum Dum Girls (He Gets Me High EP) e da clássica banda nova iorquina New York Dolls (Dancing Backwards In Heels…) Antes, ainda em fevereiro, saem os novos CDs da cantora PJ Harvey (Let England Shake), do produtor Diplo (Riddimentary: Diplo Selects Greensleeves), do cantor James Blake (já vazou), o encontro de Gil Scott-Heron e Jamie Smith, do XX, (We’re New Here), e das bandas …The Trail Of Dead, Cut Copy (Zonoscope) e Mogwai (o já vazado Hardcore Will Never Die But You Will).

Em fevereiro sai também o novo disco do Sonic Youth, que já em janeiro estará disponível digitalmente. O álbum Simon Werner a Disparu é na verdade a trilha-sonora de um filme indie francês de mesmo nome prodiuzida pela banda. O guitarrista da banda, Thurston Moore, também vai soltar trabalho novo. Benediction é o terceiro solo do músico e tem a produção de Beck. O multi-projeto Mark Lanegan é outro que começou a trabalhar num novo disco solo, devendo soltá-lo até o fim do ano.

2011 Discos Internacionais
Beady Eye, a nova banda do ex-Oasis, Liam Gallagher

Um disco aguardado com bastante expectativa é a estréia da banda Beady Eye, novo grupo de Liam Gallagher, Gem Archer, Chris Sharrock e Andy Bell, todos remanescentes do Oasis. O grupo, que já lançou o primeiro single, solta o disco completo, batizado como Different Gear, Still Speeding, no dia 28 de fevereiro de 2011. São 13 faixas inéditas produzidas por Steve Lillywhite, que segundo Liam descreveu é rock cru e dançante, com referências a Jerry Lee Lewis. Entre as bandas mais novas, sairão ainda discos da The Kooks, The Subways, Glasvegas, The Shins e Death Cab For Cutie.

Música Pop

O mundo Pop também deve ser chacoalhado em 2001 com os novos discos de Lady Gaga e de Britney Spears. O novo trabalho de Gaga, Born This Way, já foi gravado e deve manter a linha pop, electro e new wave. O disco deve ser precedido de um single em fevereiro e pelo uma música confirmada no disco já vazou na internet. A promessa da artista é um álbum com veia mais “poética” do que os anteriores e que ele “vai mudar o mundo”. Já a cantora Britney Spears lança seu novo trabalho em março, com produção de Dr. Luke e colaboração do sueco Max Martin, que acompanha a cantora desde o início da sua carreira.

Entre os que não deram garantias, mas já começaram a trabalhar e podem soltar novidades em 2011 estão Radiohead, Rage Against the Machine, Guns N´Roses, a veterana Aerosmith, a banda Soundgarden, que voltou para shows em 2010 depois de quase 12 anos parada; além de Nick Cave and The Bad Seeds. Nesse grupo ainda estão a cantora Amy Winehouse, que estaria com um disco novo pronto para o começo do ano, mas como tudo na carreira da moça é duvidoso, não dá para garantir; o Blur, que voltaria mais uma vez mas agora para gravar um disco inteiro de músicas inéditas; e o Metallica, que confirmou planos para entrar em estúdio no primeiro semestre de 2011, lançando o substituto de Death Magnetic, de 2008. Já o Queens of the Stone Age entra no estúdio em janeiro, devendo lançar até o final do ano, assim como Franz Ferdinand, que já começou as gravações.

Já vazou “The World is Yours”, o novo do Motorhead
Os fãs de rock pesado já têm garantido, no entanto, os novos discos das bandas Anthrax, Cavalera Conspiracy, Motorhead e Kiss. No novo trabalho, o primeiro desde 2003, o Anthrax conta com o retorno do vocalista Joey Belladonna. Provisoriamente batizado de Worship music, o álbum deve contar com covers das bandas Refused (“New noise”) e Alice In Chains (“We die young”). Já o projeto The Cavalera Conspiracy dos irmãos ex-Sepultura Iggor e Max Cavalera vão lançar o segundo disco em março. Blunt Force Trauma contará com 11 faixas e produção de Logan Mader, guitarrista da banda Soulfly. O novo do Motorhead, The World is Yours, vazou e se encontra com facilidade na internet. Enquanto o veterano Kiss só deve começar a gravar em fevereiro, soltando o novo trabalho em meados de 2011.

Também para os roqueiros, em março sai o CD duplo ao vivo do Green Day, Awesome as Fuck. Em maio é a vez do Blink-182 e do Arctic Monkeys. Por falar no macacos árticos, o baterista da banda, Matt Helders, se juntou a Carl Barat (Libertines), Drew McConnell (Babyshambles) e Gruff Rhys (Super Furry Animals) e formou o projeto paralelo The Bottletop Band, que em abril lança o primeiro álbum, Dream Service. A banda pretende fazer um intercâmbio com artistas brasileiros, com onde os lucros sendo revertidos para projetos de educação e emprego no Brasil.

Outras novidades que chegam em 2011 no mundo rock e o novo trabalho do Van Halen, o sucessor de Van Halen III, de 1998. Este novo trabalho é o primeiro a contar novamente com o vocalista David Lee Roth. Outro retorno histórico é o do The Cars, banda clássica da new have dos anos 80, que encerrou as atividades em 1988 e voltou no início de 2010. A banda passou o ano no estúdio e vai lançar o primeiro disco depois de 23 anos, seguido provavelmente de uma turnê. Também em 2011, teremos um novo disco do Jane’s Addiction. O trabalho já está sendo produzido e deve sair no primeiro semestre de 2011.

Leonard Cohen solta em 2011 um aguardado disco novo

Entre os cantores, destaque para os novos discos de Paulo Simon e de Leonard Cohen. O primeiro lança em abril So Beautiful Or So Wha, que promete ser bastante diferente do anterior. Já Cohen, que saiu em 2008 de uma reclusão de 15 anos e passou dois anos em uma extensa turnê, vai soltar o primeiro trabalho desde Dear Heather, de 2004. O disco terá 10 ou 11 músicas, sendo uma delas composta durante a turnê e as outras anteriormente, e contará com as colaborações da cantora de jazz Anjani Thomas e de Sharon Robinson.

Entre as vozes femininas, quem ressurge é a cantora Fiona Apple, que lança o quarto álbum da carreira em 2011, o primeiro desde 2005. A canadense Avril Lavigne também reaparece com o quarto álbum Goodbye Lullaby, que vem mais romântico que de costume. Já a vocalista da banda The Gossip, Beth Ditto, encara um primeiro trabalho solo. Ela vai soltar um EP com quatro músicas inéditas e produção da dupla inglesa Simian Mobile Disco.

Rap e hip hop

No hip hop uma das principais novidades é o novo disco do Public Enemy, ícone do estilo. Depois de três anos do último lançamento, o grupo vai lançar um álbum que contou com a ajuda direta dos fãs. Em 2009, o PE pediu ajuda para levantar fundos e recentemente anunciou a arrecadação de 130 mil dólares, 90 mil a menos do que anunciaram que precisariam para a gravação. Assim mesmo vão entrar em estúdio e os fãs que compraram o álbum por cerca de R$ 45 irão receber o trabalho autografado, além de uma camiseta. Ainda não foram divulgados nem a data do lançamento, nem o nome do disco.

2011 Discos Internacionais
Daniele Luppi e Danger Mouse se juntam num projeto com vozes de Jack White e Norah Jones

O mundo hip hop também irá receber discos novos de Dr. Dre, com o nome Detox; The Streets, com Computers and Blues, o quinto e provavelmente último do grupo, ambos saindo em fevereiro. Quem se junta em 2011 é a dupla de rappers Kanye West e Jay-Z. Depois de programar lançar um EP, eles decidiram produzir um álbum completo, que se chamará Watch the Throne. Desse ambiente ainda, tem o novo projeto do músico e produtor Danger Mouse, que se juntou com o compositor italiano Daniele Luppi. Eles vão lançar em março o álbum The Rome, que contará com 15 faixas cantadas por Jack White, do White Stripes, e Norah Jones. A sonoridade é inspirada nas trilhas-sonoras de filmes italianos e especialmente na obra de Ennio Morricone.

Na mescla de rock com hip hop, quem volta em 2011 com novidades é o Beastie Boys. O grupo vai lançar Hot Sauce Committee Part 2 ainda no primeiro semestre. O interessante é que essa segunda parte sai antes mesmo da primeira, que deveria ter sido lançada em 2010. Mais estranho ainda é que o grupo pegou todas as 16 faixas gravadas para a Parte 1 e colocou na mesma ordem na Parte 2. O disco traz participações de Nas e Santigold.

Mas nem todo mundo vai utilizar o formato tradicional do álbum, seja o físico, em vinil ou CD, seja digital. A banda Flaming Lips anunciou que em vez de passar um período no estúdio gravando um novo trabalho, vai disponibilizar uma faixa de cada vez durante o ano de 2011. O grupo pretende lançar uma música por mês, a partir do final de janeiro, quando começam a gravar sob a produção de Dave Fridmann.

Para quem gosta de música sem preconceitos.

O el Cabong tem foco na produção musical da Bahia e do Brasil e um olhar para o mundo, com matérias, entrevistas, notícias, videoclipes, cobertura de shows e festivais.

Veja as festas, shows, festivais e eventos de música que acontecem em Salvador, com artistas locais e de fora dos estilos mais diversos.

Leia Mais
Marianne Faithfull
Não mais Marianne Faithfull, agora Buena Vista