Festivais baianos divulgam programações

Num segundo semestre recheado de boas opções, mais festivais baianos divulgam programação de shows. O grande destaque é para o Festival Suiça Baiana, realizado em Vitória da Conquista e com a melhor grade do ano por estas terras. Em Salvador, o festival Lado BA cresce em sua segunda edição, enquanto o Conexão Vivo promove um novo evento, agora no Pelourinho.

Veja mais sobre programação de festivais baianos e brasileiros

Apostando em nomes novos, mesclado a veteranos de respeito, o Festival Suíça Festivais baianos programaçãoBaiana reúne no final de outubro alguns dos artistas que se destacaram esse ano no cenário baiano, como Maglore, Suinga e Pirigulino Babilake, além do rap do Versu2. Também estão programados alguns nomes vindos de outros estados que vem chamando atenção nos últimos anos, caso da bandas goianas Gloom e Mugo; da Transmissor, de Minas; os paranaenses da Nevilton; Talma & Gadelha, do Rio Grande do Norte, Facada, do Ceará; os gaúchos do Apanhador Só; Nantes, de Sergipe. Além de outros nomes mais rodados, como Canastra (RJ), Clube de Patifes, de Feira de Santana, e o country alternativo dos paranaenses do Hillbilly Rawride.

A cereja do bolo são os headliners, – Autoramas + BNegão, juntos num mesmo palco; o punk do Ratos de Porão e o novo grande nome do rap, Emicida -, nomes já mais consagrados, que dão uma demonstração que o festival dá um passo à frente para entrar entre os grandes eventos do ano na Bahia. Há ainda uma atração surpresa que a produção promete (possivelmente um artista internacional). O bacana é que mesmo crescendo, o Suiça Baiana, que é produzido por um coletivo de mesmo nome com apoio do circuito Fora do Eixo, mantém a característica marcante dos festivais independentes, investindo também nos cenários de sua cidade. No caso, as bandas conquistenses Os Barcos, Cama de Jornal, Ladrões de Vinil, entre outras. O festival este ano melhora não só em qualidade, mas também de tamanho. Nesta segunda edição, a expectativa são três mil pessoas por noite, com espaço para camping e provavelmente uma tenda eletrônica.

FESTIVAL SUÍÇA BAIANA (www.festivalsuicabahiana.blogspot.com)
28/10 – sexta-feira
Garboso (BA)
Nantes (SE)
Transmissor (MG)
Nevilton (PR)
Gloom (GO)
Apanhador Só (RS)
Maglore (Salvador)
Os Barcos (BA)
AUTORAMAS + BNEGÃO (RJ)

29/10 – sábado
Randômicos (BA)
Versu2 (BA)
Talma & Gadelha (RN)
Suinga (BA)
Canastra (RJ)
Pirigulino Babilake (BA)
ATRAÇÃO SURPRESA
Ladrões de Vinil (BA)
EMICIDA (SP)

30/10 – domingo
Distintivo Blue (BA)
Mugo (GO)
Clube de Patifes (BA)
Clamus (CE)
Maldita (RJ)
Facada (CE)
Hillbilly Rawride (PR)
Cama de Jornal (BA)
RATOS DE PORÃO (SP)Festivais baianos programação

Festivais em Salvador

Causou inveja em muita gente de Salvador a programação do Suiça Baiana. Com razão, a capital baiana hoje não tem um festival desta magnitude, pelo menos não com essas características: três dias de duração, com tantos artistas interessantes e para um público deste tamanho. No entanto, a quantidade de eventos e festivais na capital baiana, continua melhorando muito. Um festival que acaba de soltar sua programação e já demonstra que veio pra ficar, é o Lado BA. Em sua primeira edição, ano passado no Pelourinho, o evento reuniu nomes locais, como O Círculo, Radiola e Subaquático, além de um convidado de fora, o cantor alagoano Wado. Este ano, o festival ganha mais um dia, começando dia 22 de setembro, no Cine Solar Boa Vista, com o paulista Pedra Branca e uma banda local ainda não definida. Nos dia 23 e 24, o festival segue para o Portela Café, no Rio Vermelho, com as seguintes atrações no primeiro dia: Vandex e Ronei Jorge, de Salvador, e a banda Cérebro Eletrônico, de São Paulo. No dia segunte, se apresentam Suinga e Radiola, de Salvador, e Zé Cafofinho e Suas Correntes, de Pernambuco.

FESTIVAL LADO BA
22/09 – quinta-feira – Cine Solar Boa Vista

Pedra Branca (SP) e banda local

23/09 – sexta-feira – Portela Café
Vandex (BA)
Ronei Jorge (BA)
Cérebro Eletrônico (SP)

Dia 24/09 – sábado – Portela Café
Suinga (BA)
Radiola (BA)
Zé Cafofinho e Suas Correntes (PE)

Conexão Vivo – Assim como em sua primeira edição deste ano, o Conexão Vivo volta com outra série de shows em setembro, mas desta vez no Pelourinho. Não é bem um festival, mas parece. O Conexão, como já falamos aqui, acontece na Praça Tereza Batista, no Pelourinho. Marcado por encontros entre artistas, o evento começa no dia 16 com a sambista Juliana Ribeiro recebendo Nego Henrique e Emerson Calado, percussionistas pernambucanos que integravam o grupo Cordel do Fogo Encantado. A noite segue com o grupo mineiro Cobra Coral, os músicos também mineiros Wilson Dias e Pereira da Viola recebendo a cantora Patrícia Sene (SP) e o paraense Marcos André com o carioca Humberto Araújo.

O dia seguinte segue com mais encontro, começando com o mineiro Vitor Santana recebendo o músico carioca Pedro Sá e o baiano Jota Veloso. A cantora baiana Sandra Simões chama ao palco a paulista Fabiana Cozza, enquanto Sergio Santos, outro nome de Minas Gerais, convida o paulista André Mehmari. Quem encerra a noite é a cantora baiana Márcia Castro, que repete a dose do show que fez na etapa do Conexão da Pituba e recebe novamente cantoras, dessa vez Rita Ribeiro, Ana Cañas e Marcela Bellas. No último dia, alguns dos encontros que mais prometem, começando com o mineiro Deco Lima e o pernambucano Fred 04, líder da banda Mundo Livre S/A. Lucas Avelar convida o rapper mineiro Flávio Renegado, enquanto a banda Graveola eFestivais baianos programação o Lixo Polifônico (MG) recebe o grande Jards Macalé. Para encerrar o evento, a cantora carioca Sílvia Machete recebe o músico Moreno Veloso. Se você se surpreendeu com o número de mineiros, há uma explicação. O Conexão Vivo tem origem em Minas Gerais, é produzido por mineiros e tem forte apoio do Fórum de Música de Minas, algo que poderia servir de exemplo de como mobilização em conjunto pode render frutos.

CONEXÃO VIVO
16/09 – sexta-feira – às 18h30
Juliana Ribeiro (BA) convida Nego Henrique (PE) e Emerson Calado (PE)
Cobra Coral (MG)
Wilson Dias e Pereira da Viola (MG) convidam Patrícia Sene (SP)
Marcos André (PA) convida Humberto Araújo (RJ)

17/09 – sábado – às 18h30
Vitor Santana (MG) convida Pedro Sá (RJ) e Jota Veloso (BA)
Sandra Simões (BA) convida Fabiana Cozza (SP)
Sergio Santos (MG) convida André Mehmari (SP)
Márcia Castro (BA) convida Rita Ribeiro, Ana Cañas e Marcela Bellas

18/09 – domingo – às 18h30
Deco Lima (MG) convida Fred 04 (PE)
Lucas Avelar convida Flávio Renegado (MG)
Graveola e o Lixo Polifônico (MG) convida Jards Macalé (RJ)
Sílvia Machete (RJ) convida Moreno Veloso (BA)

Para quem gosta de música sem preconceitos.

O el Cabong tem foco na produção musical da Bahia e do Brasil e um olhar para o mundo, com matérias, entrevistas, notícias, videoclipes, cobertura de shows e festivais.

Veja as festas, shows, festivais e eventos de música que acontecem em Salvador, com artistas locais e de fora dos estilos mais diversos.

Leia Mais
Anderson Foca
ENTREVISTA: Anderson Foca, o homem por trás do Festival Dosol solta o verbo