A nova música baiana em ares internacionais

A música baiana contemporânea, atual, com referências diversas, rica e desconhecida da maioria vem ganhando espaço. Se ainda passa longe das rádios, por exemplo, no exterior ela começa a chamar atenção. É o que mostra os diversos shows que alguns dos artistas deste cenário off carnaval mainstream vão realizar no exterior nos próximas meses.

Veja mais notícias do mundo da música

música baianaAlgumas desses artistas vão participar de alguns dos principais festivais do mundo. É o caso do Baiana System, que volta a Ásia para fazer parte da programação do Fuji Festival. Gigante festival japonês, que acontece de 26 a 28 de julho, reunirá só na edição deste ano nomes como The Cure, Nine Inch Nails, Mumford & Sons, entre vários outros. O grupo baiano toca em dois dias, um no palco menor, para 300 pessoas, e outro num 2 mil pessoas. Esse último como uma das atrações nos palcos que recebem nomes como Björk, Jurassic 5, Suzanne Vega, Foals, Coheed and Cambria, Aimee Mann, entre outros.

Aproveitando a viagem, o Baiana deve fazer ainda outra apresentação no Japão, só que em Tóquio, além de mostrar sua mistura de guitarra baiana, com música africana, dub, rap e eletrônica em países da Europa, que ainda estão sendo fechados. O grupo vem desde 2011 fazendo shows internacionais, já tendo se apresentado em países como Dinamarca, França, China e Rússia.

O cantor Magary e o bloco afro Malê de Balê também vão representar (já se apresentaram) a Bahia e o Brasil num dos festivais mais interessantes do planeta, só que nos Estados Unidos. Eles estarão ao lado de nomes como Fleetwood Mac, Earth, Wind & Fire, Willie Nelson, Frank Ocean, Billy Joel, Patti Smith, Dave Matthews Band, Maroon 5, The Black Keys, John Mayer, B.B. King, George Benson, Gipsy Kings, Ben Harper, entre outros, no The New Orleans Jazz and Heritage Festival, que acontece de 26 de abril a 5 de maio na cidade de New Orleans. Com grandes proporções, o festival recebe cerca de 400 artistas de vários lugares do mundo espalhados em seus 12 palcos, tendo foco também em apresentações nas ruas. Magary se apresenta nos dias 27 e 28 de abril, neste dia no mesmo palco de Juan Luis Guerra e do Earth Wind Fire. O Malê se apresenta nos dia 3 e 4 de maio, no primeiro dia no mesmo palco de Jimmy Cliff.

Fruto de uma parceria entre o British Underground com a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e a Fundação Cultural, dois grupos baianos do interior do estado vão mostrar sua música na Inglaterra em maio. O grupo de rap OQuadro, de Ilhéus, e Os Nelsons, de Paulo Afonso, que mescla ritmos baianos e dub, vão participar do Bass Culture Clash, projeto que não só levará os grupos para Europa, como promove um intercâmbio cultural entre a Bahia e Londres.

As atividades envolvem shows e workshops nas cidades de Salvador, Ilhéus e Londres, no período de 10 a 18 de maio. OQuadro (leia entrevista com a banda) e Os Nelsons se apresentam em Londres nos dias 16, no The Roundhouse, e 18, no Movimientos, Notting Hill Arts Club, e em Brighton, no Komedia, The Great Escape, no dia 17. Os shows terão ainda a participação dos artistas ingleses The Heatwave, MC Lady Chann e Natty, que também se apresentarão em Salvador e Ilhéus. As duas bandas baianas se destacaram na Europa pela participação na coletânea Brazilian Bass Culture & Beyond, lançada no estande do Brasil Music Exchange,  em parceria com Bahia Music Export na Womex da Grécia, em 2012.

Outro projeto que está levando a música baiana para Europa é o Ano do Brasil em Portugal. Com vários artistas de todo país, a programação musical brasileira com com representantes  baianos focados especialmente em samba de roda e ritmos do Recôncavo baiano e inclui Roberto Mendes, Mariene de Castro, J. Veloso, Raimundo Sodré e Banda de Pífanos de Bendegó. As apresentações serão durante o mês de maio, em Lisboa. Mariene é uma das que vai aproveitar a viagem para outras apresentações. A baiana vai levar seu samba para Lisboa no dia 3 de maio e no dia 5 se apresenta em Porto, dentro do projeto Novas Vozes. O samba baiano também vai ganhar ares lusitanos com a cantora Juliana Ribeiro, ela fará uma série de nove shows em Lisboa, começando dia 6 de maio.

Quem anunciou turnê pela Europa foi Lívia Mattos. Cantora e sanfoneira, ela vai mostrar a mistura que faz em quatro países. Serão ao todo oito shows, começando dia 19 de maio em Berlim, Alemanha, passando ainda pela França, onde faz três shows, Irlanda e Inglaterra, em Londres, onde também se apresenta três vezes.

No segundo semestre quem vai mostrar sua música no Velo Continente é a Orkestra Rumpilezz. Depois de dois anos, o grupo volta a Europa, agora com apresentações previstas para casas de Jazz na Áustria, França e Suíça.

Para quem gosta de música sem preconceitos.

O el Cabong tem foco na produção musical da Bahia e do Brasil e um olhar para o mundo, com matérias, entrevistas, notícias, videoclipes, cobertura de shows e festivais.

Veja as festas, shows, festivais e eventos de música que acontecem em Salvador, com artistas locais e de fora dos estilos mais diversos.

Leia Mais
A-ha Salvador Show
Turnê do a-ha pelo Brasil tem datas confirmadas para 2022 com show em Salvador