Nova Brasil FM abre espaço para música contemporânea

Em qualquer passagem pelas rádios comerciais brasileiras, a sensação que fica é que só existe velharia. Com exceção de funk e sertanejo, são quase sempre sequências de puro flashback. Como mostramos em uma reportagem especial em 2019, as rádios de perfil adulto, com foco em MPB, rock e pop, têm ignorado solenemente a nova e rica produção da música brasileira.

Isso parece que começa a mudar. Pelo menos é o que indica a chegada do programa FARO à rádio Nova Brasil FM. Um sopro de novidade no dial, com um programa semanal, numa grande rádio de abrangência nacional, apresentando a música brasileira contemporânea, aquela que já foi chamada de independente.

Veja também:

A nova música do Nordeste através de 35 videoclipes.

Com a chegada do Faro à emissora, o programa apresentado pela jornalista Fabiane Pereira passa a ser transmitido em rede nacional para mais de 400 cidades em todo país, alcançando mais de 3 milhões de ouvintes por mês. No ar todas as quintas-feiras, às 22 horas, desde o dia 25 de fevereiro, a a apresentadora recebe sempre um convidado da música brasileira atual. Na estreia, Fabiane conversou com Letrux, recebendo na sequência Céu, Russo Passapusso, Criolo e Johnny Hooker (no programa de 25 de março).

Apesar de estrear numa rádio de abrangência nacional, o Faro não é um programa novo. Existe há 13 anos e faz parte de uma série de importantes programas espalhados em todo país que disseminam a atual produção nacional. Eles, no entanto, são transmitidos normalmente por rádios públicas ou universitárias, como o Vozes do Brasil e o Radioca.

Para Fabiane a chegada a uma rádio comercial com abrangência nacional é muito importante. “O rádio é um dos principais veículos de comunicação, chega em lugares que, muitas vezes, nem a internet nem a TV chegam. É fundamental que o rádio abrace a nova produção musical contemporânea e o FARO faz esse papel de conectar sonoridades e lugares diferentes há 13 anos”, diz a jornalista. “Ocupar a programação de uma rede imensa como a Nova Brasil FM que alcança mais de 400 cidades só no dial é uma conquista coletiva porque é tanto minha, quanto dos artistas e do meio rádio que se abre para entender que é preciso amplificar e dar audiência a uma grande parcela do mercado da música”, afirma.

A novidade do Faro na Nova Brasil pode ser o início de um novo espaço para artistas com produção atual na emissora. Desde abril de 2020, a programação artística da emissora passou a ser gerenciada por um novo profissional, Luciano Gomes. Jornalista com pós-graduação em marketing, ele já havia comandado a MPB FM, atual BandNews FM 90.3, por 7 anos, exercendo a função de gestão artística. A Nova Brasil pode ser ouvida pela internet (ouça aqui) ou pelo dial em praças importantes, como São Paulo (89,7), Rio de Janeiro (89,5), Recife (94,3), Salvador (104,7), Brasília (97,5), Campinas (103,7), Araçatuba (95,5), Ribeirão Preto (91,3), Fortaleza (106,5), Maceió (106,5) e Aracaju (93,5). O alcance total é demais de 400 cidades brasileiras.

Para quem gosta de música sem preconceitos.

O el Cabong tem foco na produção musical da Bahia e do Brasil e um olhar para o mundo, com matérias, entrevistas, notícias, videoclipes, cobertura de shows e festivais.

Veja as festas, shows, festivais e eventos de música que acontecem em Salvador, com artistas locais e de fora dos estilos mais diversos.

Leia Mais
Artistas negras e afro-ameríndias são foco de evento online